A ASSOCIAÇÃO
GUIAS
NOTÍCIAS
EDITORA PÚBLICA
REDE
BANCO DE FONTES
CONTATO
EDITAL
ASSOCIE-SE
LOGIN
Jeduca | Associação dos jornalistas de educação
notícia

#conteprajeduca especial: impactos da Covid-19 na educação

29/03/2020

Em março, a seção reúne matérias sobre alguns dos principais desdobramentos do avanço da epidemia do novo coronavírus para a comunidade educacional

Crianças ensinam prevenção às familias
Fernando Frazão/Agência Brasil

Para acompanhar a cobertura sobre os desdobramentos dos impactos da Covid-19 na educação, a Jeduca publicou durante o mês de março, edições temáticas da #conteprajeduca com reportagens sobre o tema. Confira:

 

A suspensão das aulas em escolas em todos os estados e no Distrito Federal como medida de prevenção da disseminação do coronavírus no Brasil foi noticiada pela Folha de S. Paulo, entre outros veículos.

 

A Agência Brasil publicou matéria de Marina Tokarnia sobre as articulações entre MEC, estados e municípios para a área da educação no contexto da pandemia da Covid-19 e a reportagem “Estudantes ensinam famílias se prevenir contra o novo coronavírus”.

 

A jornalista Mariana Tokarnia também publicou, na Agência Brasil, reportagens relacionadas ao impacto da pandemia do coronavírus na educação: o problema da falta de  estrutura da rede pública para ensino online, as iniciativas de professores para compartilhar aulas nas redes sociais e sobre as experiências das mães com os filhos em casa.

 

Os desafios para a oferta de EAD para os estudantes foi tema de uma matéria de Luiza Padovam Vieira, no site Quero Bolsa.

 

No G1, o jornalista Marcelo Valadares enfocou as dificuldades enfrentadas pelos alunos para realizar as atividades a distância propostas pelas escolas por causa das dificuldades de acesso à internet e da falta de experiência dos estudantes.

 

Um mapeamento da Iniciativa Educação Aberta revela que a expansão da EAD no contextos da pandemia da Covid-19 intensifica a exposição de universidades públicas e secretarias estaduais a modelos de negócios baseados em extração de dados pessoais.

 

No Estadão, Renata Cafardo chamou a atenção para o risco de aumento da desigualdade no ensino, em função das desigualdades de acesso às tecnológicas de informação entre estudantes, dependendo da faixa de renda. A repórter também publicou no Estadão uma  reportagem informando sobre as estratégias que a secretaria estadual de Educação de São Paulo pretende usar para oferecer EAD aos alunos durante a suspensão das aulas por causa da epidemia de coronavírus.

 

O Zero Hora noticiou que no Rio Grande do Sul, as escolas estaduais utilizarão plataformas digitais para manter alunos em atividade. No jornal O Estado de Minas, a jornalista Lilian Monteiro publicou reportagem sobre as dúvidas existentes entre professores, funcionários e estudantes das escolas públicas por causa da falta de orientações unificadas para toda a rede.

 

Durante pandemia, Roraima adota aulas por redes sociais, informa matéria do Correio do Lavrado. No jornal Cruzeiro do Sul, de Sorocaba (SP), Daniela Jacinto publicou a reportagem “Quarentena estimula brincadeiras e a criatividade”.

 

Na Folha, Isabela Palhares publicou reportagem que mostra que 60% das universidades federais rejeitam ensino a distância durante quarentena.

 

Na Folha de S.Paulo, Angela Pinho abordou o risco de o ano letivo se estender até 2021.A jornalista também publicou, na Folha, matéria sobre a defesa do presidente da República, Jair Bolsonaro, de manter as escolas abertas, apesar da pandemia da Covid-19, contrariando a tendência mundial. Na Gazeta do Povo, Isabelle Barone publicou uma reportagem explicando as bases científicas do fechamento das escolas no contexto da pandemia.

 

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias publicou matéria de Lucas Veloso sobre a intenção das secretarias de educação estadual e municipal de São Paulo entregarem cestas básicas a famílias vulneráveis no lugar da merenda.

 

O site do canal Futura publicou matéria a respeito dos impactos da Covid-19 sobre crianças em situação de vulnerabilidade.

 

O jornalista Edison Veiga, da Deutsche Welle, publicou a matéria “Pandemia do coronavírus pode levar fome a quem depende da merenda escolar”, reproduzida no UOL. No Ceará, os alunos da educação infantil são os primeiros a receber kits de alimentação da prefeitura de Fortaleza, informou Ismia Karyne no jornal O Povo.

 

No Estadão, Renata Cafardo publicou o artigo "Pais, tenham paciência. Escolas não sabem ensinar pela internet, os professores nunca fizeram”. No site Vida Ciranda, do Ceará, Sara Rebeca publicou o artigo “Não transformem a quarentena em férias!”

 

Para monitorar as ações das redes estaduais de ensino no contexto da epidemia, o Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação) criou uma página em seu site. O portal do Centro de Referência em Educação Integral também mantém uma página colaborativa com informações sobre a suspensão de aulas em redes públicas de ensino.

 

O G1 publicou matéria de Amanda Lüder sobre as pesquisas realizadas por universidades brasileiras sobre o novo coronavírus.

 

 

 

 

 

#zerohora #undime #renatacafardo #querobolsa #opovo #oestadodeminas #mec #marianatokarnia #luizapadovamvieira #marcelovaladares #lucasveloso #lilianmonteiro #ismiakarine #iniciativaeducaçãoaberta #isabellebarone #globonews #gazetadopovo #g1 #folhades.paulo #consed #centrodereferênciaemeducaçãointegral #angelapinho #agênciabrasil #agenciamural #amandalüder

parceiros financiadores
Fundação Lemann
Telefonica Fundação / Vivo
Instituto Ayrton Senna
Instituto Natura
Instituto Unibanco
Itau Social
Itau
parceiros institucionais
ABRAJI
Campanha Nacional pelo direito à educação
CENPEC
OEI
Parto Lauand
Todos pela educação
Cooperação reperesentação do Brasil
Moderna
Loures
primeira pessoa