A ASSOCIAÇÃO
GUIAS
NOTÍCIAS
EDITORA PÚBLICA
REDE
BANCO DE FONTES
CONTATO
EDITAL
ASSOCIE-SE
LOGIN
Jeduca | Associação dos jornalistas de educação
notícia

Propostas e perspectivas para o Fundeb são tema de debate

23/08/2019

Quatro especialistas analisam os principais desafios envolvidos na renovação do fundo, que termina em 2020

 

A Jeduca (Associação de Jornalistas de Educação) realizou na segunda-feira (26/8), em Brasília (DF), o seminário “Fundeb em debate – Propostas e perspectivas”.

 

O evento, voltado para jornalistas e demais interessados, reuniu quatro especialistas para debater os principais pontos das propostas, tendo em vista a renovação do Fundeb (Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) atualmente em discussão: Caio Callegari (Todos Pela Educação), José Marcelino Pinto (Campanha Nacional pelo Direito à Educação), Mariza Abreu (consultora de educação) e Sylvia Gouveia (MEC).

 

O vídeo do seminário na íntegra está disponível aqui.

 

O evento foi realizado em parceria com o UniCEUB (Centro Universitário de Brasília) e da OEI (Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura).

 

Fundeb

O Fundeb, foi implementado em 2007 e tem duração até 2020, segundo a lei. Como é um dos pilares do financiamento da educação básica, estão em debate diversas propostas formuladas por parlamentares, movimentos sociais, especialistas e governo com o objetivo de garantir sua continuidade e aperfeiçoamento do fundo.

 

Os principais pontos em discussão são: aprimorar a solidez institucional do fundo, tornar a distribuição dos recursos mais equânime e ampliar a complementação da União. No formato atual, a União faz uma complementação de 10% sobre as receitas dos estados, para compor o fundo.

 

Atualmente, existem três PECs (Propostas de Emenda à Constituição) relativas ao Fundeb no Congresso Nacional:

 

A PEC 15/2015, da Câmara dos Deputados, prevê que o Fundeb se torne perene e o aumento da complementação da União para 30%, de forma gradual durante dez anos.

 

A PEC 65/2019, do Senado, propõe que o Fundeb seja vitalício e que a complementação da União aumente para 20% no primeiro ano, chegando a 40% no prazo de uma década. O projeto prevê a implementação do CAQi (Custo Aluno Qualidade Inicial) por meio do Fundeb.

 

A PEC 333/2019, do Senado, sugere que o Fundeb se torne permanente e eleva a contribuição da União de 10% para 30%, com reforço dos royalties do petróleo.

 

Na publicação “Financiamento da educação básica - Guia de cobertura”, recém-lançada pela Jeduca, em parceria com a Fundação Santillana e Editora Moderna, o funcionamento do Fundeb é explicado em detalhe.

(Texto atualizado em 28/8/2019)

--

Serviço

Seminário “Fundeb em debate – Propostas e perspectivas”

Data: 26/08/2019

Local: UniCEUB - SEPN 707/907 - Campus Universitário - Asa Norte, Brasília - DF, 70790-075 - Auditório Bloco 3

Horário: 14h às 16h

Transmissão ao vivo pelo canal da Jeduca no YouTube: https://bit.ly/2HlcgYn

Site: www.jeduca.org.br

 

#TodospelaEducação #OEI #MEC #Jeduca2019 #Jeduca #Fundeb #financiamentodaeducação #CampanhaNacionalpeloDireitoàEducação

parceiros financiadores
Fundação Lemann
Telefonica Fundação / Vivo
Instituto Ayrton Senna
Instituto Natura
Instituto Unibanco
Itau Social
Itau
parceiros institucionais
ABRAJI
Campanha Nacional pelo direito à educação
CENPEC
OEI
Parto Lauand
Todos pela educação
Cooperação reperesentação do Brasil
Moderna
Loures
primeira pessoa