Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.
OK
A associação
Notícias
Guias
Congresso
Dados educacionais
Edital
Editora pública
Banco de fontes
CONTATO
ASSOCIE-SE
LOGIN ASSOCIADO
Agência Brasil

Base Nacional Curricular é tema de videoconferência na 4.ª-feira

Evento online promovido pela Jeduca reúne, a partir das 10 horas, Maria Helena Castro, do MEC; Cesar Callegari, do Conselho Nacional de Educação; e Roberto Catelli, da Ação Educativa

06/03/2017
Redação Jeduca

A Jeduca promove na próxima quarta-feira (8), às 10 horas, uma videoconferência sobre a Base Nacional Comum Curricular. O documento vai definir os conhecimentos e habilidades que todos os estudantes brasileiros têm o direito de aprender durante a educação básica.

 

Participam da videoconferênciam que poderá ser acessada aqui pelo site da Jeduca, a secretária-executiva do MEC (Ministério da Educação), Maria Helena Guimarães de Castro; o diretor da Faculdade de Educação do SESI (Serviço Social da Indústria) de São Paulo e membro do CNE (Conselho Nacional de Educação), Cesar Callegari; e o professor e coordenador da unidade de EJA (Educação de Jovens e Adultos) da Ação Educativa, Roberto Catelli Jr.

 

O objetivo da videoconferência é auxiliar os jornalistas sobre os próximos passos referentes à construção da Base e desafios de sua implementação. O debate será mediado pelo jornalista Paulo Saldaña, repórter da Folha de S.Paulo e diretor da Jeduca. Jornalistas podem enviar perguntas antes do debate ou durante o evento para o e-mail contato@jeduca.com.br.

 

A Base tem sido construída desde 2014, em um processo liderado pelo MEC que contou com a participação de diversas entidades e organizações. A primeira versão foi apresentada em setembro de 2015. Após uma consulta pública que registrou 12 milhões de contribuições, uma segunda versão foi publicada em maio de 2016.


Uma última versão deve ser encaminhada ao Conselho Nacional de Educação, a quem caberá a análise final. A entrega ao CNE dessa terceira e última versão já foi adiada algumas vezes, mas deve ocorrer até o próximo mês de abril.


Só estará pronto, entretanto, o bloco que trata da educação infantil e do ensino fundamental. O governo decidiu fatiar a Base Nacional e segurar a parte do ensino médio até que a reforma da etapa fosse aprovada no Congresso, o que ocorreu no mês passado. Dessa forma, a Base do ensino médio não ficará pronta antes do fim de 2017.

 
A BNCC vai orientar os currículos de redes de ensino e escolas, bem como a construção de materiais e livros didáticos. O país nunca teve um documento como esse, apesar de ele estar previsto na Constituição Federal e o PNE (Plano Nacional de Educação) ter estipulado prazo até meados de 2016 para que a Base estivesse concluída. 

 
Quem são os debatedores:

 
Maria Helena Guimarães de Castro assumiu a secretaria executiva do MEC em maio de 2016, após a posse do ministro Mendonça Filho (DEM). Foi presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) entre 1995 e 2002 e secretária de Educação do Estado de São Paulo de 2007 a 2009. É professora aposentada da Unicamp.

 
Cesar Callegari é sociólogo, diretor da Faculdade SESI-SP de Educação e membro do Conselho Nacional de Educação, onde preside a Comissão de Elaboração da Base Nacional Comum Curricular. Foi secretário municipal de Educação de São Paulo e secretário de Educação Básica do Ministério da Educação. Já se elegeu deputado estadual por dois mandatos.

 
Roberto Catteli Jr. é historiador, doutor em Educação pela Universidade de São Paulo. Tem experiência com educação de jovens e adultos, políticas públicas de educação, avaliação e ensino de história.

#MEC #RobertoCatelliJr #CNE #MariaHelenaCastro #MariaHelenaGuimarãesCastro #CesarCallegari #BNCC #AcaoEducativa #BaseNacionalComumCurricular

PARCEIROS FINANCIADORES
Fundação Lemann
Fundação Telefônica Vivo
Instituto Ayrton Senna
Instituto Natura
Instituto Unibanco
Itaú Social
Itaú Educação e Trabalho
Maria Cecilia Souto Vidigal
PARCEIROS INSTITUCIONAIS
Abraji
Campanha Nacional pelo Direito à Educação
CENPEC
OEI
Porto Lauand
Todos Pela Educação
UNESCO
Moderna
Loures
ASSOCIAÇÃO DE JORNALISTAS DE EDUCAÇÃO