Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.
OK
A associação
Notícias
Guias
Congresso
Dados educacionais
Edital
Editora pública
Banco de fontes
CONTATO
ASSOCIE-SE
LOGIN ASSOCIADO
Prefeitura Municipal de Jahu/Agência Senado
Webinários

Webinário aborda os desafios da educação profissional

Evento teve participação de Ana Inoue (Itaú Educação e Trabalho), Ana Paula Corti (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo) e Ellen Gera (Secretaria de Educação do Piauí)

08/09/2021
Redação Jeduca

 (Atualizado em 10/9/2021)

 

A integração da educação profissional e tecnológica ao novo ensino médio é o tema do webinário que será promovido pela Jeduca, no dia 9 de setembro (quinta-feira), às 16h.

 

O evento conta com participação de Ana Inoue, superintendente do IET (Itaú Educação e Trabalho), Ana Paula Corti, professora no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, campus São Paulo, que no evento representa a Campanha Nacional pelo Direito à Educação, e Ellen Gera, secretário de Educação do Piauí.

 

No contexto do novo ensino médio, que começa a ser implementado em 2022 em todas as escolas, a educação profissional e tecnológica integra a parte flexível do currículo, compondo o chamado quinto itinerário.  Os outros quatro são ligados às áreas de conhecimento da Linguagem, Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas, definidas pela BNCC (Base Nacional Comum Curricular).

 

A Jeduca fez um webinário sobre a implementação do novo ensino médio no dia 2 de setembro, saiba mais aqui.

 

No novo ordenamento, a EPT, como é conhecida a educação profissionalizante e tecnológica, passará a ser oferecida junto com o ensino médio, no mesmo período que o ensino propedêutico.

 

Além disso, serão possíveis vários tipos de certificação vinculadas a diversas possibilidades de formação – os estudantes podem obter um certificado de conclusão do ensino médio e de habilitação técnica ao fim do ensino médio ou podem realizar cursos de curta duração. A formação profissionalizante pode, ainda, ser associada a uma área do conhecimento. Alguns críticos apontam para o risco de uma formação aligeirada e superficial, dentro do novo arranjo.

 

A diversidade de possibilidades de formação profissionalizante está relacionada a um aspecto central do novo ensino médio: oferecer ao estudante possibilidades para decida sua própria trajetória formativa. No entanto, um dos desafios da implementação do novo ensino médio  - o que inclui a ET - é assegurar infraestrutura e professores, entre outros aspectos, especialmente no atual contexto de pandemia.

 

Este é o outro ponto de debate, já que para alguns o novo modelo abre a possibilidade de escolha, enquanto outros veem o risco de uma oferta restrita, em função da falta de condições, e de que a formação se torne mais superficial.

 

A necessidade de aumentar o número de matrículas nessa modalidade é outro aspecto do debate.


Assista ao webinário na íntegra:

 

 

 

#secretariaestadualdeeducaçãopiauí #webinario #itaúeducaçãoetrabalho #institutofederaldeeducação #ept #ellengera #consed #educaçãoprofissionalizanteetecnológica #campanhanacionalpelodireitoàeducação #ciênciaetecnologiadesãopaulo #anapaulacorti #anainoue

PARCEIROS FINANCIADORES
Fundação Lemann
Fundação Telefônica Vivo
Instituto Ayrton Senna
Instituto Natura
Instituto Unibanco
Itaú Social
Itaú Educação e Trabalho
Maria Cecilia Souto Vidigal
PARCEIROS INSTITUCIONAIS
Abraji
Campanha Nacional pelo Direito à Educação
CENPEC
OEI
Porto Lauand
Todos Pela Educação
UNESCO
Moderna
Loures
ASSOCIAÇÃO DE JORNALISTAS DE EDUCAÇÃO